O menino que observava a lua - Descrevendo Nuvens
28 • dez • 2013
textos category image
Joicy Kelly

O menino que observava a lua

“As vezes eu paro a pensar, deitado olhando a luz do luar, esperando a dor ir antes de dormir. É! Minha vida como você pode ver, se resume em um grande clichê. Imprevisíveis, visíveis no dia-a-dia, um amontoado de incertos. Como eu já havia dito, as vezes paro a pensar, fico pensando, por que de toda aquela tempestade em meu misero copo d’água. Magoa, incertezas, não clarezas. Nada dá certo comigo! Eu me questiono, Nada! E em um dos dias que me pus a pensar, olhei e vi a lua, e em um dia cheia ela estava, e em outro menor se transformava. Percebi que a vida também não era fácil para ela, em algumas épocas do ano, ela estava escondida por uma nuvem, como eu, ela precisava de um tipo de mascara. Você já parou para pensar que a lua como nós pode ser um ser que sofre? Já percebeu, que a lua completa, quase não se põe em alerta no céu. Olhava para mim e contrastava a minha vida a dela, porem que tristeza ela guardaria? Ai que agonia. Minha vida esqueci por algum minuto, e quase que entrei de luto. Como ela é triste, seu brilho se esconde atras de uma mancha negra. Os dias passaram, e eu toda noite ia la, na varanda para olhar e reparar no belo brilho do luar que ao longe refletia no mar. E num dia de sol acordei, e rezei: Deus por favor! Todos os dias eu pedi e agradeci por mim, mas hoje, creio que não será assim. Por favor Senhor Deus! Ajude a pobre lua, ela esta solitária. Amem!” E naquele dia algo de diferente aconteceu, um breu surgia o horizonte, onde o brilho do sol vinha a fronte. O que era aquilo? eu me perguntava. Minha querida avó de longe me olhava e logo se aproximava. O que foi meu neto? Ela perguntava. Eu a olhava e dizia: Vovó o que é aquilo? É um eclipse meu neto, quando o sol fica de frente para a lua. Eu sorri como se não fosse parar. Deus ouviu minhas preces e com um brilho no olhar, gritei! Deus deu a lua a quem acompanhar! A noite antes de dormir, não fui para a lua olhar, ajoelhei e me pus a rezar, agradeci pelo sonho da lua realizar, e que pelo menos de tempo em tempo ela tenha com quem conversar.”
— O menino que observava a lua.  


Deixar um comentário

6 Respostas para "O menino que observava a lua"

Júlia Maria
28-12-2013 @ (23:23)

Que texto maravilhoso! Parabéns, adorei!
Um grande beijo, Júlia.
Venha conhecer meu blog.

Responder


Jessica Espysion - dezembro 30th, 2013 em 10:57 pm respondeu:

super lindo né o livro é incrível

Responder


Sabrina Alcantara
29-12-2013 @ (01:48)

Que lindo *-*
Acho que vou, chorei !
Beijos
http://teenworld23.blogspot.com.br/

Responder


Jessica Espysion - dezembro 30th, 2013 em 10:58 pm respondeu:

é lindo mesmo é muita sensibilidade

Responder


Bruh Costa
29-12-2013 @ (23:56)

Amei *u*
Super lindo mesmo,beijoos
Cate-land.blogspot.com ♥

Responder


Jessica Espysion - dezembro 30th, 2013 em 10:58 pm respondeu:

que bom que gostou

Responder


Último vídeo

Arquivo calendário

dezembro 2013
DSTQQSS
« nov jan »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031 

Pinterest

  • 15 modelos de quarto
  • Serendipity - Melina
  • Almofada de pelúcia
  • Dicas para conseguir
  • Interior Designed: B
  • 20-salas-com-sofa-ro
  • Decoração na cor Azu
  • #penteadeira #ideia
  • 1-penteadeiras-que-e
Follow Me on Pinterest

Descrevendo Nuvens - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2017 - Ilustração por Juliana Rabelo