Arquivos amor - Página 2 de 3 - Descrevendo Nuvens
29 • jun • 2016
textos category image
Postado por:

Jess Ribeiro

Jess Ribeiro

Antes de você

Amor . Antes de você

Para mim não é nada fácil admitir alias nunca foi não sou o tipo de pessoa que sabe falar o que é isso. Nunca fui muito boa quando o assunto é amor me embolo toda só de pensar ou tentar explicar o que é amor, se o amor fosse uma matéria de escola eu repetiria nela. Sou o tipo de pessoa que não se importa em namorar sem ter amor, aliás eu fiz muito isso nos meus últimos relacionamentos, namorava sem ter amor só por conta do afeto mesmo. Estranho, não é?

Amar sempre foi uma questão de escolha eu escolhia estar com a pessoa, mesmo sem afeto, mesmo que isso pode-se machucar ou ele ou eu. Nunca me importei muito com os assuntos do coração, era um jeito de ficar sempre por cima porque caso algo acontecesse eu não me machucaria, ou me machucaria menos era um modo de me proteger de uma coisa que eu não conhecia e mesmo que dissessem coisas boas sobre eu sabia lidar. Comigo era assim, não tinha meio termo era 8 ou 80.

Odeio ter que admitir, odeio ter que pensar que eu posso apenas estar me enganando, odeio pensar que na verdade você nem se importa, ou que apenas estou me iludindo com isso e que na verdade não se passa de um sentimento mal interpretado. Mas é isso! Eu estou amando e eu tenho medo disso. Tenho medo de me machucar com isso assim como muitas pessoas dizem, tenho medo de me iludir com isso. E se eu sair machucada? Como vai ser eu não conseguir me recuperar depois? Muitos dizem que a recuperação é demorada e difícil.

Mas você veio daquele jeito como se não quisesse nada, e aos poucos foi me conquistando, cuidando, e me mostrando pelo ou menos aos poucos o que é sentir o amor. Eu que nunca achei que fosse me apaixonar do modo que as pessoas tanto falam. Agora entendo a seguinte frase: “não faz sentindo um dia longe de você”. Não sei o que é isso exatamente não sei explicar o que eu realmente estou sentindo já que é algo que eu não conhecia antes, mas eu acho que é amor.

Antes não sabia o que era amar, mas tudo isso foi antes de você.

Tags:
10 • maio • 2016
textos category image
Postado por:

Jess Ribeiro

Jess Ribeiro

Nós fomos construídos para amar

amor

Era uma vez, uma garota que conheceu um rapaz assim repentinamente, dizem que é assim que acontece o primeiro amor verdadeiro. Aquela era a primeira vez que seus olhos se encontraram através do corredor da escola, passando por uma multidão de pessoas, e houve uma realização imediata ela nunca tinha sentido aquilo antes, ela nunca pensou que teria aquele tipo de sentimento.

Por um momento, foi escrito por linhas retas em uma páginas um novo conto de fadas, conto de fadas esse até os instrumentos se tocavam sozinho e faziam de cada palavra dita pelos apaixonados uma melodia impecável. Os dois sentiam que poderiam fazer qualquer coisa, explorar a cidade depois do anoitecer e subir montanhas juntos só para ver o sol nascer, e por um breve segundo no tempo os dois sabiam que nada mais importa. Você já leu essa historia antes, não leu?

Por muito tempo eu desejava que tudo que eu lia em livros fosse um começo de uma historia de amor para mim, também o inicio de um futuro que parecia perfeito… Eu desejei que aquela historia fosse minha que quando você olhou para mim pela primeira vez, você viria o seu amor, a pessoa dos seus sonhos. Eu queria que houvesse muito mais no nosso amor. Mais tempo, mais calor, mais paixão…

No final? Eu queria, eu amava, eu o desejava. Ele não!

No final, acho que sempre soube que estávamos sem destino, sem o porque continuar. Eu acreditava no conceito do verdadeiro amor a qualquer custo e você não! Para mim era diferente, nós nos amávamos e nos encaixamos como quebra-cabeças – me enganei…

Eu amava a sua confiança e ambição; você amava minha delicadeza. Eu odiava suas crenças e expectativas e você odiava minha falta de fé. Você sempre ignorou minhas energia e pensamentos e queria descartar meus ideais e independência. Você não era suficiente para mim e eu não era o melhor para você. Como eu me enganei nos primeiros meses juntos foram longe de ser perfeito. Eu me lembro como fomos capazes de conversar por horas e sobre qualquer coisa. Eu gostava de dizer-lhe sobre como eu queria ser uma escritora e sobre meus diversos contos fictícios, e você me dava alguns parágrafos para escrever. Lembro-me da primeira vez que sua mão tocou meu rosto e eu ainda me lembro exatamente onde nós demos nosso primeiro beijo, e eu me lembro onde nós demos o nosso ultimo adeus. Quando se trata de você, eu não tenho arrependimentos apenas algumas magoas.

Parte de mim quer acreditar nos antigos contos de fadas, que nós fomos construídos para amar. Eu realmente quero acreditar que foi o destino que nos reuniu e que um dia vou entender esse proposito, e quem sabe um dia ainda podemos redesenhar nossa historia, fazer novas músicas e ter outro conto de fadas.

Mesmo agora, gostaria de saber o que poderia ter sido diferente se eu tivesse pulado fora da borda proverbial com você pela primeira vez. O que a teria sido se eu não tivesse te encontrado aquela vez. E agora? O que vou fazer? Vou cuidar dos ferimentos, tirar as fotos colocas na parede e batalhar em outras guerras. Vou descansar com o conhecimento de que algum dia, haverá alguém que lutará com os dragões do mundo e vencerá monstros comigo e por mm. Tudo o que eu queria dizer é que eu estou feliz, estou bem e esse é o nosso final.

Tags:
19 • out • 2015
textos category image
Postado por:

Jess Ribeiro

Jess Ribeiro

O que você acha de si #1

tumblr_lijc0kMEam1qdfr4z

Hoje começa oficialmente um dos primeiros textos de desabafo. Sabe quando queremos contar algumas coisinhas e não podemos dá até vontade de chacoalhar aquela pessoa e gritar: ” Ei, você não é o único que consegue fazer isso”

Nos dias de hoje as pessoas estão tão preocupadas com seu próprio ego que se esquecem das qualidades dos outros e se enchem de elogios, como se apenas elas se importassem como se elas fossem as melhores.

É tão difícil mostrar para alguém que não é só isso que importa que chega ser cansativo o modo esse modo de repetição. Eu por exemplo, sou bailarina e nem é por isso que eu sei dançar apenas balé eu sou boa e muitas outras coisas uma das frases que eu mais gosto de repetir é: ” Não seja limitada!”

Tenho um grande desejo de salvar o mundo todo como aquelas super heroínas que nós vemos nos desenhos na TV mas como isso não pode acontecer (não que eu eu saiba se alguém souber me avisa) eu tento melhorar o meu mundo o máximo que eu posso, por exemplo: Não espalho mentiras, não faço intrigas e muito menos tento ser melhor que outras pessoas porque eu não sou e ninguém é mesmo que algumas pessoas tenha falhas no caráter.

Não me encho de orgulho das coisas que eu consegui, muito menos diminuo a coleguinha por coisas que ela tentou e não conseguiu não tem nada nessa vida que não dá para ser concertado ainda mais nos dias de hoje.

Eu canto nas horas que eu estou sozinha, sou uma quebra galhos profissional, e tento melhorar sempre mais todas as coisas que eu já sei assim posso dizer com a boca cheia: ” Eu fiz o máximo que pude”.

Sou desenhista, psicologa, cantora, fotografa, bailarina eu sou tudo aquilo que me convêm nas horas que preciso…

Agradeço a todos que me dão mal exemplo ou tentam piorar o que não precisa eu não vou insistir, nem vou corrigir só pego o exemplo daquilo que não devo fazer, pois quem não pede ajuda não quer ser ajudado ninguém pode ler o pensamento de ninguém.

Eu sou forte o suficiente para qualquer baque que não seja perder o que eu amo, tenho um medo absurdo daquilo que não conheço e percebo quando alguém não se importa comigo ou finge estar comigo só por interesse.

Mas sabe o que eu acho de mim? Acho que independente de tudo eu consigo melhorar até em todos os meus pontos fracos porque eu não nasci para desistir e muito menos para chorar eu nasci para me superar.

E você? O que você acha de si?

♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥

E ai pessoal, espero que tenham gostado do texto que é para todas vocês também fazerem se não reparam no que nós somos capazes então porque não falar?

Pessoal a pouco tempo eu fiz uma nova fanpage e ainda está com pouquinha curtida então que tão me dar uma forcinha lá? – >CLICA <-

08 • jun • 2015
dicas category image
Postado por:

Jess Ribeiro

Jess Ribeiro

Dicas: Dia dos namorados

Está chegando o dia mais romântico de todos, o dia que todos os namorados tiram um tempinho para se dedicar aos seus amores e para fazer coisas românticas. Vou colocar aqui 3 dicas legais para o dia dos namorados para todos aqueles que sabem que dar um presentinho só não basta que tem que ter algo romântico e marcante.

Jantar à luz de velas

tttttt

Não quer gastar muito? Que tal um jantar romântico. Decorar o ambiente, colocar velas cheirosas, fazer recorte em formato de coração usar a imaginação para deixar o ambiente lindo. Coisas que não são tão difíceis de fazer, é lindo e ainda é super romântico!

Coisas para o jantar ficar melhor:

  • Musica romântica
  • Velas
  • Bastante corações recortados
  • Vinho

Piquenique

 esse

Juro, se eu tivesse um namorado eu iria fazer com que ele planejasse um piquenique para mim. Além de ser romântico ainda é super fofo. Porque não preparar cupcake comprar umas coisinhas gostas e escolher um lugar lindo para fazer um piquenique. Você pode colher umas flores e colocar em umas garrafinhas para decorar ou até mesmo utilizar velas para deixar o ambiente aconchegante.

No piquenique levar:

  • Um Mp3 para colocar musicas românticas
  • Maquina fotográfica
  • Lanches e sucos
  • Protetor solar
  • Toalha

Viagem Romântica

que lindo

Ainda tem tempo de conseguir ir viajar no dia dos namorados. Lugares lindos e conhecido por ser romântico, Campos do Jordão por exemplo nessa época é uma cidade muito gelada chega a fazer -5° em alguns dias no inverno. Perfeito para vocês passarem o dia dos namorados juntinhos.

E ai? O que vocês vão fazer no dia dos namorados? Espero que tenham gostado do post

Acompanhe o descrevendo nuvens:
Facebook do blog ♥ tumblr ♥ Meu facebook ♥ We heart It ♥ Pinterest ♥ Instagram

29 • jan • 2015
dicas category image
Postado por:

Jess Ribeiro

Jess Ribeiro

Indicando livros

Eu separei alguns livros que eu li e que me chamou bastante atenção, tem romance tem historias reais tem varias coisas que realmente eu gosto como Quem é você, Alasca?, A culpa é das estrelas e outros esse mês eu também li o livro A menina que colecionava borboletas que não vai estar  nessa listinha vou fazer um post unico para falar sobre o livro da Bruna Vieira mostrando algumas paginas algumas frases coisas que eu gostei ok!


1- A culpa é das estrelas:
A culpa é das estrelas narra o romance de dois adolescentes que se conhecem um Grupo de Apoio para quem tem Câncer: Hazel, sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões, e Augustus Waters,  ex-jogador de basquete que perdeu a perna para o osteosarcoma. 

2- Extrairdinario:
August tem 10 anos e nunca foi à escola. Foi pela primeira vez quando entrou na quinta série. É que durante toda a sua vida esteve fazendo cirurgias para corrigir seu rosto, deformado por uma síndrome genética.

3- O chamado do Cuco:
A modelo Lula Landry pula da sacada do seu apartamento. Pelo menos é o que todos acreditam já que sua vida era bastante conturbada e exposta na mídia. Mas seu irmão, que duvida da hipótese do suicídio, procura o detetive particular Cormoran Strike para resolver esse caso.


4- Eu sou Malala:
Malala Yousafzai só queria continuar a estudar, mas estava sendo impedida pelo rígido regime do Talibã. Com o apoio de seus pais, ela não se calou e continuou a lutar não apenas pelo seu, mas pelo direito de todas as mulheres paquistanesas à educação

5- Preciso Rodar o mundo:
Brasileiríssima modelo ela mostra tudo que ela conheceu do mundo no livro.Bem sucedida, precisou abrir mão de muitas coisas na sua vida para alcançar seus objetivos e a sua história é inspiradora não só para aspirantes a modelo, mas também para pessoas curiosas e interessadas no universo da moda. 

6- Quem é você Alasca?:
Miles Halter é um adolescente fissurado por célebres últimas palavras que, cansado de sua vidinha pacata e sem graça em casa, vai estudar num colégio interno à procura daquilo que o poeta François Rabelais, quando estava à beira da morte, chamou de o “Grande Talvez”. 

18 • jan • 2015
textos category image
Postado por:

Jess Ribeiro

Jess Ribeiro

Distancia vs Você


Acho que temos que culpar a distância por não estarmos juntos. Ou até podemos culpar o vento que não sopra ao nosso favor. Ou talvez… Talvez… Não importa por quem nós iremos culpar. O que importa é que não estamos juntos, ainda. Sim, ainda. Talvez porque eu tenha esperança. Talvez? Eu tenho certeza. Um dia ainda nos veremos, acredite em mim. E vai ser o dia mais feliz de toda a minha existência. Já passamos por tanta coisa, mas eu sei que isso é só o começo. Porque eu sei que ainda temos uma história enorme pra frente. E eu sei que um dia seremos nós. Finalmente vamos ser nós. É difícil não poder te ter ao meu lado, sabe? É estranho, eu fico imaginando você aqui comigo, o que você iria falar quando acontece alguma coisa, quando vejo um filme de romance, imagino que seja nós dois. Mas nossa história é mais que um filme, é a vida real. Me falaram pra eu perder as esperanças, parar de lutar pro você, porque nunca irei te ver. Mas eu sei que um dia estaremos juntos, meu amor. Eu sei… Eu já me contento em falar contigo pela internet mesmo. Cada coisinha que acontece, eu já penso “tenho que contar pra ele”, mais na hora vem aquele medo de você não se importa, medo de você não querer saber o que acontece comigo enfim tudo isso é medo ou talvez insegurança. Eu acho tão sortuda as pessoas que moram perto de você, sabe? Podem te ver… Podem fazer todos os dias o que eu trocaria a minha vida inteira. Sim, eu trocaria minha vida inteira, só por um segundo te vendo. Eu não sou a melhor pessoa do mundo, mas por você eu posso me tornar. Por você eu tornaria tudo o que você gosta. Eu mudaria meu gosto musical, minhas roupas, meu estilo, meu corte de cabelo, kk faria tudo, tudo pra ter você. E todos os dias antes de dormir, eu fico imaginando como vai ser o dia em que nós finalmente vamos se ver. O dia em que iremos passar por cima desses 1486 Km e iremos nos ver.

Páginas     123

Último vídeo

Arquivo calendário

julho 2018
DSTQQSS
« maio  
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031 

Pinterest

Descrevendo Nuvens - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2018 - Ilustração por Juliana Rabelo