Arquivo para Brasileiro - Descrevendo Nuvens
28 • jul • 2014
textos category image
Postado por:

Joicy Kelly

Literatura brasileira: Ariano Suassuna

Eu creio que vocês gostem bastante de literatura estrangeira, eu confesso que também gosto muito, sou fã incondicional de Harry Potter, Senhor dos Anéis, Sherlock Holmes, entre outros… Ainda vamos falar muito disso por aqui!!! Mas eu preciso confessar pra vocês minha pequena paixão por literatura brasileira, sim meninas, tem muita coisa boa pra ser lida por aqui!! 
Uma das coisas que mais me ferem os ouvidos, é ouvir “Brasil não tem cultura!”, não, o Brasil tem sim muita cultura, o que não tem é pessoa que valorizem isso! Brasil tem grandes nomes na música, literatura, na arte… Como não se arrepiar quando Carlos Drummond Andrade dizia “Mas se desejarmos fortemente o melhor e, principalmente, lutarmos pelo melhor.. O melhor vai se instalar em nossa vida. Por que sou do tamanho daquilo que vejo, e não do tamanha da minha altura!” ?
É fato que nossa cultura não é igual a de outros países, e nossa literatura se baseia, em grande maioria, na nossa terra, no nosso cerrado, no nosso povo sofrido. Mas oras, se fosse igual aos outros não seria cultura! Seria apenas um plagio do que já existe, seria vazio, excluiria o povo do norte e nordeste, e as danças típicas do sul, e até o queijinho com café de Minas, a maresia dos Cariocas entre outras marcas do nosso povo, nós que somos uma mistura, que somos de tudo um pouco, um bando de vira latas, merecemos também uma literatura com a nossa cara!  
-Mas Joicy, porque você esta falando disso? 
 Bom, estou falando por que recentemente perdemos grandes nomes da nossa literatura, o no dia 23/07, o tempo levou Ariano Suassuna, esse grande escritor Paraibano, que retratou com muito humor e graça seu povo, e nos deixou uma frase que ouvimos bastante até hoje  -“não sei, só sei que foi assim!”. O autor de “O Auto da Compadecida” nasceu em João Pessoa-PB, em 1927. Teve o pai morto por motivos políticos na revolução de 30, e mudou se pra Taperoá, onde assistiu pela primeira vez uma peça de mamulengos e um desafio de violas. A partir de 1942, passou a morar em Recife onde esteve até o fim de seus dias. 
 Estudou direito, e foi na faculdade que conheceu Hemilo Borba Filho, e junto dele, fundou o Teatro do Estudante de Pernambuco. Em 1947 escreveu sua primeira peça “Uma mulher vestida de sol”, em em 1950 formou em direito e ganhou seu primeiro premio pela obra “Auto de João da cruz”. Passou a se dedicar a carreira na advocacia, porém nunca abandou as atividades teatrais. Foi nessa mesma época que escreveu sua obra mais famosa, “O Auto da Compadecida”, e também  “O Rico Avarento”. 
 Em 1956, abandonou a advocacia para se tornar professor de Estética na Universidade Federal de Pernambuco. 
 Ariano Suassuna, criou vários movimentos culturais, visando interagir jovens e adultos a formas de expressões populares, também se dedicou a romances e concertos! 
 Em 3 de agosto de 1989, passou a ser o sexto ocupante da cadeira de número 32 da academia brasileira de letras, que agora está vazia, mas ele ainda ocupa um lugar no coração de muitos brasileiros que se aconchegam com suas obras! 

Fechando com aquele diálogo que todos amam: 

CHICÓ: – É verdade; o cachorro morreu. Cumpriu sua sentença encontrou-se com o único mal irremediável, aquilo que é a marca do nosso estranho destino sobre a terra, aquele fato sem explicação que iguala tudo o que é vivo num só rebanho de condenados, porque tudo o que é vivo, morre.
JOÃO GRILO: – (suspirando) Tudo o que é vivo morre. Está aí uma coisa que eu não sabia! Bonito. Chicó, onde foi que você ouviu isso? De sua cabeça é que não saiu, que eu sei.
CHICÓ: – Saiu mesmo não, João. Isso eu ouvi um padre dizer uma vez.
MULHER: – (entrando) Ai, ai, ai, ai, ai! Ai, ai, ai, ai, ai!
JOÃO GRILO: – (mesmo tom) Ai, ai, ai, ai, ai! Ai, ai, ai, ai, ai! (Dá uma cotovelada em Chicó)
CHICÓ: (obediente) Ai, ai, ai, ai, ai,! Ai, ai, ai, ai, ai! 

                      

O blog Um Sábado Qualquer fez uma homenagem muito legal e divertida pra esse ícone da literatura brasileira, compartilho com vocês:

É isso meninas, espero que tenham gostado de saber um pouco mais sobre nossa literatura!!! 

Redes sociais:

Facebook do blog /tumblr/Meu facebook/We heart ItPinterestInstagram

Último vídeo

Arquivo calendário

setembro 2017
DSTQQSS
« ago  
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Pinterest

  • 15 modelos de quarto
  • Serendipity - Melina
  • Almofada de pelúcia
  • Dicas para conseguir
  • Interior Designed: B
  • 20-salas-com-sofa-ro
  • Decoração na cor Azu
  • #penteadeira #ideia
  • 1-penteadeiras-que-e
Follow Me on Pinterest

Descrevendo Nuvens - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2017 - Ilustração por Juliana Rabelo