Arquivo para medo - Descrevendo Nuvens
27 • mar • 2017
textos category image
Postado por:

Jess Ribeiro

Jess Ribeiro

Vai sem medo!

Não precisa me dizer mais nada!Eu acho que já sei o que aconteceu. Doeu demais? Não é?! Essas dores devem estar acabando cada vez mais com você e parece que nunca vai passar. Quantas vezes você chorou baixinho para que ninguém tivesse que perguntar o que estava acontecendo com você? Quantas vezes você já sofreu e teve o coração esmagado por falsas promessas? Nem precisa me contar que você já colecionou babacas e que se entregou mais de uma vez pro cara errado, eu sei de cor e salteado todas as vezes que você resolveu tentar mais uma vez e quebrou a cara, o corpo e o peito.

Eu sei como é! A gente acaba cansando de dar tiros no escuro e chega uma hora que desistimos de procurar pela pessoa certa. Eu sei que você assim como qualquer outra coleciona hematomas que a vida vai brotando em nós com cada final infeliz que o destino enfia no meio da gente. Mas, eu também sei que você não nasceu pra abaixar a cabeça e engolir essa ideia de que você nasceu pra morrer sozinha.

Ninguém nasce predestinado a solidão, você sabe disso, e eu te admiro por levantar a cada tombo sem deixar de sorrir, te admiro porque você é forte o suficiente pra saber que nenhuma fraqueza pode ser maior que a gente, te admiro porque você continua andando mesmo sabendo que vão ter pedras, buracos, armadilhas e que seu coração ainda vai ser quebrado muitas e muitas vezes. Eu te admiro por ser tão forte!

Ainda vai doer, e você ainda vai borrar o rímel com muito cara idiota. Mas, você não vai desistir, pois eu sei o quanto você é forte. Você pode até achar que o mundo vai acabar no dia seguinte, pode ligar bêbada no meio da madrugada e largar teu orgulho em uma dessas esquinas, mas vai continuar se reerguendo quando perceber que a sua cota estourou, vai partir pra outra sem se importar se a bagagem vai ficar mais pesada, porque quando não der mais pra andar, você sabe que pode jogar fora.

É essa maturidade pra entender que as vezes a gente precisa apanhar um pouco, mas que isso não significa que vamos apanhar pra sempre e nem que a tristeza vai durar toda sua vida e essa sua coragem de meter a cara em mais um romance depois de tantos fracassos vai fazer com que você acabe encontrando o seu amor, mesmo que demore um pouco.

Então vai sem medo! Se joga desse penhasco emocional sem se preocupar. No final, eu sei e você também sabe que não é isso que importa. Então se atira nessa linha de risco, briga contra o mundo, mas não desista de você, não abra mão do que você acredita, não jogue fora o seu final feliz. Vai sem medo, que o amor é para quem não tem medo de arriscar. Vai, que uma hora ele vem também.

Tags:

Último vídeo

Arquivo calendário

dezembro 2017
DSTQQSS
« nov  
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31 

Pinterest

  • Hello, Apartment The
  • 15 modelos de quarto
  • Serendipity - Melina
  • Almofada de pelúcia
  • Dicas para conseguir
  • Interior Designed: B
  • 20-salas-com-sofa-ro
  • Decoração na cor Azu
  • #penteadeira #ideia
Follow Me on Pinterest

Descrevendo Nuvens - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2017 - Ilustração por Juliana Rabelo