Crises de ansiedade? A meditação pode te ajudar

 

Meditação

 

Que vivemos em um mundo acelerado, repleto de compromissos a serem cumpridos e problemas a serem resolvidos, não é novidade para ninguém. Com a evolução da tecnologia e especialmente com a chegada da internet, nossa mente teve que se deparar com uma quantidade gigante de informações num ritmo quase desumano. Há quem estivesse preparado (a) para lidar com tudo isso, mas a maioria das pessoas foi afetada com a tão temida ansiedade. 


Cientificamente falando, a ansiedade é um estado psíquico natural que é muito útil para nos alertar de um perigo ou desafio e fazer com que nos preparemos para enfrentá-los. Entretanto, ela tem sido definida, especialmente nos dias atuais, como um estado emocional desagradável acompanhado de desconforto físico e que, geralmente, possui profunda relação com o medo. Há quem diga que quem sofre com a depressão, por exemplo, é um indivíduo que vive muito do passado. E quem sofre com a ansiedade é justamente o oposto: quem vive muito pensando no futuro. A Organização Mundial da Saúde (OMS) indica que a ansiedade é a segunda condição mental, depois da depressão, com maior incidência de incapacidade no mundo. Mas, infelizmente, por falta de conhecimento, por preconceito ou por medo, as pessoas tendem a minimizar os efeitos da ansiedade e poucos são os que realmente se cuidam: procuram terapia, buscam hábitos mais saudáveis ou entram em um tratamento medicamentoso. 


Atenção! Não estamos dizendo que todo mundo que sofre de ansiedade deve tomar remédios. Pelo contrário, estamos aqui justamente para falar sobre uma alternativa que é natural, saudável, tranquila e que vai auxiliar e muito na vida de pessoas que sofrem com transtornos mentais, especialmente a ansiedade. E essa alternativa é a meditação. 
A meditação é uma prática em que as pessoas usam diversas técnicas para que a mente foque em um objeto, um pensamento, um mantra, etc. para trazer clareza e tranquilidade à cabeça que se encontra agitada por um turbilhão de pensamentos ansiosos. Apesar de estar sendo muito falada hoje em dia, a meditação é uma prática secular, usada até mesmo no Egito Antigo ou pelos povos maias, embora exista uma crença mais forte nas técnicas orientais, como as budistas. 


Fechar os olhos e ficar imaginando que está em um lugar que te transmite paz ou prazer já pode ser um bom começo. Mas, obviamente, como todo exercício mental, a meditação exige práticas diárias. São muitas as técnicas e alternativas. Mas precisamos dizer que, para quem nunca praticou ou quem está começando, consideramos que a meditação guiada pode ser o ponta pé inicial perfeito para você entrar no mundo da meditação sem muitas dificuldades.


Atualmente, no próprio Youtube existem vários canais gratuitos em que você pode encontrar vídeos com meditações guiadas que podem ser de 3 minutos até 1 hora ou mais. Ou seja, você vai praticar de acordo com o seu tempo. Dois canais que a gente gosta muito e que precisamos indicar para você é o Yoga Mudra, da Raissa Zoccal e o Meditar para Despertar, do Fábio Lima. Fora isso, existem aplicativos para celular de meditação que são super completos e que vão te dar uma programação diária de acordo com as suas necessidades, são eles: o Calm, o Zen e o Headspace


Ao dedicar um tempo do seu dia à meditação, você faz com que a sua ansiedade seja reduzida gradativamente, além de melhorar a sua concentração e foco, aumentar o seu nível de paciência, usufruir de um bom equilíbrio emocional, desenvolver a sua capacidade cognitiva e fortalecer o seu sistema imunológico.
Viu só quantas vantagens? Agora é só fazer essa prática entrar na sua rotina, sempre lembrando de optar por um ambiente tranquilo, em que você não seja interrompido de forma alguma. Vamos começar?

 

 

 

 

Blog post relacionado