Organização

Produtividade

Finanças

Dicas

Insira o seu melhoe e-mail ao lado e fique por dentro de todas as atualizações do blog:

Posts arquivados em: Tag: Resenha: Extraordinário

Resenha: Extraordinário

07 novembro 2016

Começo pedindo desculpas porque faz anos que não faço nenhuma resenha para vocês, mas calma eu tenho aqui em casa exatamente 8 livros novos e vou fazer resenha com todos eles para vocês.

Extraordinário, foi um dos livros que mais mexeu comigo, quando eu comprei o livro pensei que fosse apenas mais um livro que contasse a historia de alguém doente e só, porque como sabemos livros que contam a historia de pessoas doentes não tem lá um ponto muito positivo ou uma moral para nós dar no fim da historia, nem da aquela vontade de querer entrar na historia e mudar tudo. Não estou falando de maneira alguma que não são boas apenas não tem lá o que fazer, não nós surpreende no final meio que já sabemos o que ira acontecer desde o começo. Extraordinário me surpreendeu por causa disso o livro é bom e surpreendente desde o começo.
Historia: August é um menino de 10 anos, que nasceu com uma síndrome genética que deformou seu rosto. Desde pequeno foi submetido a diversas cirurgias e também foi educado em casa pela mãe. Pela primeira vez ela sugere que ele entre para uma escola comum, reforça que o convívio com outras crianças da idade dele seria importantíssimo para a sua educação e crescimento. Não era uma decisão fácil e August não fica muito feliz com a ideia. Mas ele acaba aceitando com a condição que poderia desistir a qualquer momento, desde que tivesse um bom motivo para isso.
Como eu falei no começo algumas historias não tem uma moral, mas essa historia tá um belo tapa da cara de muita gente, primeiro livro que me fez chorar e me ensinou algo no final a luta dele para mostrar o que ele realmente é alem da aparecia foi muito complicado, e como eu digo desde o começo não se deve julgar alguém pela aparência.
Um ponto que me chamou muita atenção e que no livro todos os personagens tem sua ”vez” como se eles falassem sobre seu ponto de vista, por exemplo a irmã dele que conta que não teve toda atenção que queria porque o irmão é doente o fato de o livro ter diversos narradores deixa a história muito mais rica.
Quando eu li a historia consegui entrar totalmente na vida de August porque tem diversos narradores como a família dele parentes e até colegas de escola.
Essa historia faz me fez pensar sobre meus problemas, são tão pequenos em comparação aos problemas que outras pessoas como August tem. Valeu sim ler esse livro a historia é extraordinária e como eu sempre digo o caráter não está estampado na aparência!